Foragido, homem tenta atropelar a ex-mulher e atinge sua cunhada

Foragido, homem tenta atropelar a ex-mulher e atinge sua cunhada

A intenção dele seria matar a ex-mulher, mas acabou passando por cima da cunhada,

A polícia procura pelo pintor Ademir Souza Pinto, de 38 anos, acusado pela ex-mulher, a cabeleireira Alessandra da Silva Souza, 36, de atropelar a irmã dela, na noite de segunda-feira (9), na esquina entre as avenidas Padre Arlindo Vieira e José Caetano da Rocha, no Parque Bristol, região do Zoológico, na zona sul da capital paulista.

O suspeito estaria escondido e parado em um trecho de declive e, com o carro, um Fiat Palio prata, de Alessandra, teria descido a avenida em direção a um grupo de mulheres - a ex-esposa, a cunhada e duas amigas delas, de cuja casa Alessandra e irmã haviam acabado de sair.

A intenção dele seria matar a ex-mulher, mas acabou passando por cima da cunhada, a ex-bancária Andréia Ariceles da Silva Souza, de 34 anos, que teve morte encefálica na madrugada desta terça-feira (10) no Hospital Municipal Doutor Arthur Ribeiro de Saboya, no Jabaquara, para onde foi levada por uma equipe dos bombeiros, acionada às 22h07.

O acusado conseguiu fugir. Policiais militares da 4ª Companhia do 46º Batalhão foram acionados e encaminharam os dados da ocorrência para o 83º Distrito Policial, do Parque Bristol. Alessandra e Ademir ficaram casados por 20 anos e vinham morando na mesma residência. O casal tem duas filhas e um filho, de 19, 17 e 12 anos.

Fonte: UOL