Fortaleza tem dia sangrento e seis possoas são mortas e um ferido

Entre os mortos, estão uma idosa e um adolescente de 14 anos

Uma forte onda de violência deixou seis pessoas mortas e uma criança ferida, em dois tiroteios no domingo (30), em Fortaleza (CE). Em um dos casos, cinco pessoas foram executadas em uma chacina. Entre os mortos, estão uma idosa e um adolescente de 14 anos. Apenas duas pessoas foram presas. A Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) investiga os dois casos.

Cinco pessoas foram assassinadas a tiros, por volta das 10 horas da manhã de ontem, nas proximidades do Beco do Cinquentinha, localizado no bairro Luciano Cavalcante. De acordo com o perito Leão Júnior, da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce), as vítimas foram quatro homens e um adolescente. Conforme o perito, três morreram no local e outros dois homens foram socorridos pelo Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) e levadas ao Instituto Doutor José Frota (IJF), mas não resistiram aos ferimentos, morrendo na unidade hospitalar no fim da tarde.

Segundo informações da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), três carros chegaram ao local e tiros foram disparados de maneira aleatória. A área é conhecida como zona de conflito entre grupos rivais. O perito Leão esclarece que as vítimas foram atingidas por vários disparos de, pelo menos, três armas de fogo diferentes, incluindo os calibres .40, .45 e 12, este último correspondente a uma escopeta.

As vítimas da chacina foram identificadas como Paulo Sérgio Lima Ramalho, 31, Francisco Carlos Ferreira de Lima, 28, Elvis Inácio Barbosa, 22, além de um comerciante e um adolescente de 14 anos, cujas identidades não foram divulgadas até o fechamento desta edição. A polícia já possui uma linha de investigação para o caso e, durante todo o domingo, equipes estiveram no bairro em busca da identificação dos suspeitos e da motivação do crime.


Image title

Image title

Fonte: Com informações do Diário do Nordeste