Funcionária desvia R$ 30 mil ao inventar assalto em Oeiras

Suspeita de 25 anos responderá em liberdade. Entenda o caso!

A Polícia Civil do município de Oeiras, a 290 km de Teresina, está investigando uma mulher identificada como Lívia Manuela Barbosa de Sousa, de apenas 26 anos. A jovem, atendente de caixa em um comércio na cidade de Socorro do Piauí, é suspeita de registrar  boletim de ocorrência para desviar R$ 30 mil do local onde trabalha. 

De acordo com as investigações, Lívia procurou a polícia e fez boletim de ocorrência de um assalto que teria sofrido no Centro de Oeiras, onde, segundo o depoimento dela, foram levados R$ 30 mil. Ao tomar conhecimento do fato, a polícia verificou câmeras de segurança das imediações do local citado e não encontrou nenhum vestígio. 

O delegado Antônio Nilton, titular de Oeiras, afirma que a jovem usou a tática do falso boletim de ocorrência para desviar a quantia. Segundo Antônio Nilton, o caso será acompanhado pelo delegado de Simplício Mendes e não está descartado o envolvimento de mais pessoas. 

"Será extraída uma cópia dos autos para repassar a investigação para a delegacia de Simplício Mendes do Piauí, tendo em vista que Socorro do Piauí fica na região daquela cidade. O delegado de lá irá dar continuidade as investigações, investigando sobre o valor desviado do comércio onde ela trabalhava e se tem mais alguma pessoa envolvida", afirmou. 

Na delegacia, Lívia assinou Termo de Ocorrência após confessar o crime, alegando que  desviou o valor e tentou fazer o falso boletim para tentar ocultar o fato. Conforme o delegado, ela vai responder em liberdade por "falsa comunicação de crime".



Fonte: Com informações do Mural da Vila