Funcionário do INSS suspeito de desviar R$ 2,6 milhões é preso

Homem trabalhava na unidade de Olaria do instituto

Marcus Eduardo Gentil Guedes, de 53 anos, trabalhava no posto do do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) do Quitungo, em Olaria, Subúrbio do Rio, mas foi preso nesta quarta-feira (20) por policiais da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF).

O homem foi acusado teria desviado R$ 2,6 milhões do Instituto. Os policiais encontraram o suspeito na oficina mecânica dele em Botafogo, Zona Sul do Rio.

Homem preso (Crédito: Reprodução)
Homem preso (Crédito: Reprodução)
Fonte: Com informações do G1