Gangues de meninas organizam e marcam brigas pela internet

Gangues de meninas organizam e marcam brigas pela internet

Em Santa Catarina, uma jovem de 16 anos foi morta a facadas por rival

A estudante Emilly Ribeiro, de 16 anos, morreu no último domingo (7) ao ser esfaqueada no pescoço durante uma briga, em Lages, Santa Catarina. Ela é uma das vítimas de gangues de meninas que se espalham pela internet.

A polícia de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, encontrou várias comunidades de gangues de meninas em sites de relacionamento da internet. Por meio dessas comunidades, elas se organizam e marcam brigas com gangues rivais em parques e shoppings da capital gaúcha.

Fonte: R7, www.r7.com