Garota de 13 anos é assediada por policial e estuprada por vizinho

O policial militar assédiou a garota por cerca de três anos.

Uma garota de apenas 13 anos de idade, sofreu, por cerca de tês anos, assédio praticado por um policial militar, que contou com a ajuda do sogro, um pastor, para acobertar o caso. Desesperada, ela fugiu de casa e acabou sendo vítima de um estupro.

O padastro dela, que não teve o nome divulgado, informou que a menor estava  na casa de um ex-presidiário, M.D.A.X, de 21 anos, que mora em frente à residência da  família. “A garota conheceu esse rapaz no sábado e, quando foi na segunda-feira, ela fugiu com ele. Ela fugiu porque estava perturbada por todo esse assunto sobre o pastor e o soldado”, disse.

Ana Paula Farias, delegada do caso, diz que a  garota negou que tenha sido estuprada. "Ela [a garota] negou que tenha havido violência ou ameaça durante a relação. O estupro de vulnerável foi por causa da idade dela”, disse.

No caso do PM, a família exige que a denúncia seja reformulada  para que a punição seja por pedofilia. No entanto, a delegada descarta essa possibilidade.

"Eles nunca tiveram nenhum tipo de contato sexual, não houve oportunidade para isso. Em relação ao pastor, foi pela difamação e pelo fato de ele expor a menina ao vexame”, completou. 

Image title



Fonte: Com informações do Midianews