Garoto sai para brincar e é encontrado morto dois dias depois

Léo foi atingido com um pedaço de pau no rosto e ombros.

O crime envolvendo uma criança de apenas seis anos chocou os moradores da praia de Juquehy, em São Paulo. Leonardo dos Santos saiu para brincar em frente à casa em que morava e desapareceu misteriosamente. Dois dias depois, a polícia encontrou o corpo do garoto já sem vida e com sinais de espancamento.

De acordo com informações, a criança saiu de casa por volta das 17h30. Quando o pai foi chamar pelo filho, cerca de meia hora depois, a criança já tinha desaparecido. No dia do sumiço, o pai de Léo buscou a criança na escola e o levou para casa. O garoto trocou de roupa para não sujar o uniforme da escola e, como de costume, saiu com sua bicicleta para brincar na rua.

A movimentação da polícia no bairro onde o garoto desapareceu chamou a atenção dos vizinhos, que trataram de ajudar nas buscas. O corpo da vítima só foi encontrado 48 horas após o sumiço, num terreno a poucos metros da casa do garoto.

O delegado, os investigadores, os peritos e o IML examinaram o local e constataram marcas de agressão no corpo da vítima. Léo teria sido atingido com um pedaço de pau no rosto, na parte superior da cabeça e também nos ombros. A bicicleta da criança também foi encontrada no meio do matagal e apreendida pela polícia.

Pai e mãe foram chamados para reconhecer o filho e desabaram com a confirmação de que Léo estava morto. Para a polícia, Leonardo foi atraído até o terreno e então assassinado brutalmente. Tudo foi planejado pelo criminoso, que está sendo procurado.

Menino foi torturado e morto (Crédito: Reprodução)
Menino foi torturado e morto (Crédito: Reprodução)
Menino foi torturado e morto (Crédito: Reprodução)
Menino foi torturado e morto (Crédito: Reprodução)
Menino foi torturado e morto (Crédito: Reprodução)
Menino foi torturado e morto (Crédito: Reprodução)
Fonte: Com informações do R7