Modelo baleada não enxerga de um olho após procedimento cirúrgico

Segundo o diretor do departamento médido do hospital, Antonio Guise, a situação da modelo é estável.

A modelo Lorrane Melo, 27 anos, que levou um tiro na cabeça durante um assalto a sua residência em Goiânia (GO), passou por uma cirurgia de reconstruçao dos ossos da face na quinta-feira e segue em recuperação no Hospital Geral de Urgência de Goiânia (Hugo). Segundo o diretor do departamento médido do hospital, Antonio Guise, a situação da modelo é estável.

A modelo está sem visão no olho direito, mas o médico afirma não ser possível afirmar se a situação é permanente ou não. "Ela ainda está com edema, partes lesionadas, partes com cicatrização. Só depois de estabilizada é que podemos afirmar se isso é permanente", disse.


GO: modelo baleada não enxerga de um olho após cirurgia

Segundo os médicos do Hugo, a bala entrou pela cabeça um pouco acima da orelha direita e perfurou lateralmente o crânio, atingindo ossos da face e da mandíbula, além de músculos e pele, e se alojou embaixo da língua. De acordo com Guise, a modelo está consciente, respira sem aparelhos e conversa normalmente.

O assalto

Lorrane Melo, 27 anos, levou um tiro na cabeça durante um assalto em sua casa em Goiânia (GO) na noite de 27 de fevereiro. Ela, o noivo e o filho de 1 ano estavam saindo de casa por volta de 20h30 quando três assaltantes renderam o casal, que ficou deitado no chão. Os criminosos retiraram a criança do carro e a levaram também para a sala da casa.

Segundo o delegado Glaydson Carvalho, dois assaltantes estavam separando objetos, quando um deles fez um disparo contra a mulher. A criança estava sentada nas costas da mãe no momento em que Lorrane recebeu o tiro na cabeça. As imagens foram captadas por uma câmera de segurança.

Os assaltantes fugiram após o disparo, conseguindo levar parte dos objetos, como celular, joias, relógio e carteira. O autor do tiro deixou seu celular cair durante a fuga, o que possibilitou à polícia obter informações e chegar na casa do criminoso. Ele foi preso na mesma noite do crime, por volta das 23h, segundo o delegado.

A polícia confirmou o homem detido confessou ter disparado a arma. Os outros dois já foram identificados, mas estão foragidos. Os três já tiveram passagem pela polícia. A criança não foi ferida.

Fonte: Terra