Goleiro Bruno depõe sobre denúncia de ameaças a Bola

Goleiro Bruno depõe sobre denúncia de ameaças a Bola

Os dois são réus no processo sobre a morte de Eliza Samudio

O goleiro Bruno Fernandes, que vai a júri a popular pelo desaparecimento e morte de Eliza Samudio, presta depoimento na tarde desta terça-feira (20) no Departamento de Esatdual de Operações Especiais (Deoesp), em Belo Horizonte. De acordo com a assessoria de imprensa da Polícia Civil, o goleiro foi chamado para dar esclarecimentos sobre supostas ameaças feitas a Marcos Aparecido dos Santos, o Bola, que é réu no mesmo processo.

Uma fonte da Polícia Civil que pediu sigilo disse que o depoimento é para esclarecer denúncias de ameaça de morte que teriam sido feitas ao delegado Edson Moreira, que investigou o caso, e à juíza Marixa Fabiane Lopes, que pronunciou os réus. Ainda segundo a mesma fonte, o depoimento foi pedido pela Justiça.

De acordo com a assessoria de imprensa da Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds), o goleiro deixou a Penintenciária Nelson Hungria, às 14h, e seguiu escoltado até a delegacia. A secretaria disse que não tem conhecimento do motivo da convocação para depor.

Fonte: G1