Goleiro da base do Criciúma sofre sequestro relâmpago

Mateus foi agredido, o que resultou em escoriações pelo corpo.

O goleiro Mateus Bueno, 19 anos, que integra as categorias de base do Criciúma, sofreu um sequestro relâmpago na última segunda-feira. Segundo a Polícia Militar, o atleta estava próximo da rodoviária e foi abordado por dois homens armados que lhe pediram dinheiro. Já que tinha apenas R$ 20 no bolso, os bandidos levaram Mateus no carro.

Mateus foi agredido, o que resultou em escoriações pelo corpo. Os criminosos liberaram o jogador no Balneário do Rincão, a aproximadamente 30km da rodoviária. Após ter sido abandonado o goleiro pediu socorro e o Corpo de Bombeiros o levou até o Hospital São Donato, em Içara, cidade vizinha a Criciúma.

Passado o susto, a direção do Criciúma resolveu liberar o atleta para ir para sua casa e passar um tempo com a família. O coordenador das categorias de base do clube, Evandro Guimarães, revelou que Mateus receberá acompanhamento psicológico quando voltar.

"Ele está bem. Nosso psicólogo está trabalhando com ele, conversando com ele. Ele foi para casa passar um tempo com a família", explicou Evandro. Ainda segundo o coordenador, Mateus queria continuar com a rotina normal e seguir treinando, mas o clube achou melhor liberá-lo.

"Ele não queria voltar, queria continuar treinando, mas achamos melhor que ele fosse ver a família. Mas já na segunda-feira ele volta e treina normalmente", concluiu.

Mateus foi contratado pelo Criciúma há duas semanas. O goleiro é gaúcho e compôs o elenco profissional do Novo Hamburgo no Estadual, sendo inclusive relacionado para jogos.

Fonte: Terra