Golpista usa aplicativo de paquera para atacar jovens gays

Criminoso marca encontro e rouba vítimas em casa

Após conhecer um rapaz em um aplicativo de relacionamento e marcar um encontro, Bruno*, 26 anos, foi vítima de roubo dentro de seu apartamento, que divide com outros amigos no centro de São Paulo. Na última quarta-feira (29), o jovem foi ameaçado com uma arma e xingado pelo criminoso de “lixo” e “nojento”.

O golpista — que usou foto e nome falso durante as conversas por celular — levou quatro computadores, um tablet, uma caixa de som, smartphones e roupas. As vítimas avaliam que o prejuízo chegou a R$ 22 mil.

Segundo Bruno, os dois começaram a conversar no aplicativo e depois trocaram telefones e marcaram o encontro. De acordo com um dos amigos que mora com Bruno, que não quis se identificar, o golpista se identificou como Caio, disse ser tímido e fez a vítima garantir que os dois estariam sozinhos no dia do encontro.

O caso foi divulgado no Facebook e uma outra vítima do mesmo golpista entrou em contato com os jovens e relatou que já havia identificado o nome real do ladrão e localizou outras pessoas que também foram roubadas por ele da mesma forma. Carlos*, 28 anos, foi vítima em janeiro deste ano.

Fonte: Com informações do R7