Bandidos usam telefone e e-mail para aplicar golpes

Os golpes acontecem na maioria das vezes por telefone ou por e-mail

A cada semana chegam no 12º Distrito Policial novas vítimas de falsos golpes via e-mail ou por ligações telefônicas. Algumas pessoas desconfiem das intenções dos criminosos, foi o caso do funcionário público Raimundo Alves, que recebeu uma ligação telefônica na última quarta-feira, 29.

Tentando se passar por um funcionário da Caixa Econômica, o suspeito tentou de todas as formas ludibriar o funcionário público que teria que efetuar o pagamento antecipado de uma taxa para liberação de um novo cartão com um limite de crédito maior.

O funcionário suspeitou de que estava sendo vítima de um golpe, desligou o telefone, procurou a delegacia mais próxima da sua residência e registrou um Boletim de Ocorrência (BO). ?Ele me ofereceu um cartão. Eu falei que já tinha um há muito tempos. Ele disse que era da Caixa e sequer sabia informações do empréstimo que eu havia feito e a inda disse que o meu cartão não ia valer mais. Com o novo cartão ele disse que eu poderia fazer empréstimos de qualquer valor?.



O delegado Ademar Canabrava afirma que a situação é preocupante porque a cada dia surge uma modalidade diferente de golpe. Segundo ele, os golpistas, se aproximam das vítimas e questionam se elas precisam de empréstimos, dando início . ?Eles fazem de oito a dez vítimas por dia e cobram valores que variam de R$ 100,00 a R$ 300,00.?

Fonte: Denison Duarte