Grávida de sete meses fica sob mira de revólver durante assalto

Grávida de sete meses fica sob mira de revólver durante assalto

Grávida de sete meses e sua filha de cinco anos ficaram na mira de um revólver durante um assalto

Uma grávida de sete meses e sua filha de cinco anos ficaram na mira de um revólver durante um assalto na Rua Araguaia, na Freguesia, na Zona Oeste, no fim da noite de segunda-feira. Por volta das 21h30m, a empresária Vanessa Alves, de 32 anos, foi rendida por um bandido quando estacionava o carro em frente ao prédio que sua mãe reside. Antes de levar o carro, o Zafira cinza placa MSB-3993, o bandido deixou a vítima abrir o porta traseira e retirar a criança, que estava dormindo. O assaltante ainda trocou tiros com os policiais, abandonou o carro na Avenida Ayrton Senna, na Barra da Tijuca, Zona Oeste, e conseguiu fugir pendurado em outro veículo.

Ao estacionar o veículo, Vanessa atendeu o celular e começou a falar com o marido. Nesse momento, o bandido, armado com um revólver calibre 38, anunciou o assalto. A vítima, mesmo antes de descer do carro, avisou que a filha estava no banco traseiro, dormindo. Mesmo mostrando muito nervosismo, o bandido deixou a mãe retirar a criança do veículo.

? O homem chegou muito nervoso, parecia que estava fugindo de alguém. Ele gritou, me mandando sair do carro. Na hora, pedi pelo amor de Deus para retirar minha filha do banco traseiro. Ele deixou, falando que eu deveria fazer tudo correndo. Foi um grande livramento de Deus. Fiquei nervosa e busquei ajuda da polícia. Em menos de um hora, o carro já tinha sido recuperado ? contou Vanessa, que está grávida de um menino.

Alertados, policiais militares do 18º BPM (Jacarepaguá), lotados na Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) da Cidade de Deus, começaram a perseguir o assaltante. Houve troca de tiros. Depois de cerca de quatro quilômetros, o criminoso bateu num ônibus e teve que abandonar o Zafira num posto de gasolina próximo ao número 3400 da Avenida Ayrton Senna. Para continuar a fuga, o assaltante se pendurou num Fiat Uno, que estava trafegando pela avenida. De acordo com os policiais, no momento da perseguição, a via estava muito cheia e, por isso, eles não puderam atirar no bandido. O revólver calibre 38 foi apreendido dentro do Zafira.

Na 41ª DP (Tanque), onde a ocorrência foi registrada, o marido da vítima, o empresário Eduardo Alves, de 35 anos, comentou os momentos de tensão que passou até ter notícias da sua esposa.

? Estávamos conversando, quando a Vanessa parou de falar. Logo depois, a ligação caiu. Ainda insisti, mas ela não atendeu mais. Fiquei nervoso, mas me segurei em Deus ? disse o empresário.

Fonte: Extra