Grávida  é estrangulada em poça d"água pelo seu ex-namorado

Grávida é estrangulada em poça d"água pelo seu ex-namorado

O principal suspeito é o ex-namorado da jovem, pai da criança que ela estava esperando.

Uma grávida de cinco meses foi assassinada no meio de rua na Praia Grande, litoral paulista. O principal suspeito é o ex-namorado da jovem, pai da criança que ela estava esperando.

A vítima, de 25 anos, morava com a mãe e três filhos pequenos. Na noite do última quinta-feira (12), ela saiu para se encontrar com o ex-namorado.

Segundo amigas da jovem, ele ligou e falou para ela ir buscar o dinheiro da ultrassonografia.

O encontro ocorreu na linha do trem, próximo à casa da jovem, às margens da rodovia Padre Manoel da Nóbrega. Os dois teriam começado uma discussão e o suspeito tentou afogar a ex-namorada em uma poça d?água.

A vítima teria sido arrastada, ainda viva, até uma pequena montanha de areia, onde o agressor teria concluído o crime. Na sequência, ele fugiu.

? Quando eu voltei ele já tinha arrastado ela na rua. Ela estava sufocada com um monte de areia dentro do pescoço. Ela olhou para mim e morreu nos meus braços. Tentei ajudar, mas não consegui.

Outra amiga da vítima conta que a jovem havia rompido o relacionamento com o rapaz havia mais de um mês. Ele era contra a gravidez e teria comportamento agressivo.

? [Ele] vinha ameaçando, vinha ameaçando até que ele falou que quando recebesse o dinheiro que tinha para pegar ele ia matar ela [sic]. E ele cumpriu.

Todos na vizinhança conheciam a vítima, que trabalhava como diarista, e ficaram revoltados com o crime.

A mãe da jovem era contra o relacionamento da filha com o suspeito, porque ele já teria matado outra namorada no passado. Agora, ela espera por Justiça.

? Só confio na justiça divina, a da terra pode falhar.

Fonte: r7