Grávida é morta a facada pelo marido dentro de igreja

O suspeito do crime, de 27 anos, foi preso em flagrante e disse à polícia que tinha ciúme da ex-mulher

Uma jovem de 20 anos foi morta pelo ex-marido dentro de uma igreja no povoado de Taguá, no município de Cotegipe, região oeste da Bahia, na noite de sexta-feira (16). Segundo a polícia, a mulher estava grávida de oito meses e foi atingida com uma facada no peito. O bebê, uma menina, também morreu.

O suspeito do crime, de 27 anos, foi preso em flagrante e disse à polícia que tinha ciúme da ex-mulher. Ele contou ainda que não havia planejado a ação. O homem está detido no Complexo Policial de Barreiras, a cerca de 100 Km de Cotegipe. Ele tem dois filhos com a vítima.

O supeito disse que foi agredido por parentes da vítima após a ação. De acordo com a polícia, ele foi autuado por homicídio qualificado e aborto provocado por terceiros. Se condenado, pode ficar até 40 anos preso. Segundo familiares da vítima, a jovem casou com o ex-marido quando tinha 14 anos.

Fonte: G1