Grávida é presa tentando vender gêmeos em hospital, diz polícia

Grávida é presa tentando vender gêmeos em hospital, diz polícia

Ocorrência foi registrada na manhã desta quarta-feira (29)

Uma gestante de gêmeos foi presa na manhã desta quarta-feira (29) após tentar vender seus bebês na Maternidade Frei Damião, no bairro Jaguaribe em João Pessoa. De acordo com a polícia, a gestante de 27 anos estava usando uma identidade falsa para facilitar o repasse das crianças para uma mulher vinda de São Paulo que iria recebê-las. A fraude foi descoberta assim que uma cunhada da suspeita chegou ao hospital buscando informações da gestante pelo seu nome verdadeiro. As funcionários suspeitaram da gestante e acionaram a polícia.

Segundo a Polícia Civil, a intenção da gestante era usar o nome da mulher que iria receber as crianças na materinidade para facilitar na emissão dos documentos. "Após o nascimento das crianças, ele iria registrar as crianças e levar para São Paulo. As duas foram presas (gestante e compradora), e serão encaminhadas para o presídio feminino da capital", falou em entrevista à TV Cabo Branco a delegada Magna Maria de Almeida, titular da 1ª Delegacia Distrital, para onde a suspeita foi levada. A mulher suspeita de comprar as crianças foi detida e levada para a Central de Polícia, em João Pessoa, de acordo com a polícia.

A gestante é moradora do bairro dos Funcionários II, em João Pessoa e tem três filhos. Segundo ela, em entrevista à TV Cabo Branco, ela não tinha mais condições de criar os filhos e o pais dos gêmeos havia rejeitado as crianças. "Quando eu descobri que estava grávida, o pai não aceitou. Aí eu decidir dar as crianças. Todo mundo me aconselhava para dar as crianças porque eu não tinha condição de criar", comentou.

Fonte: G1