Grávida morre após ser atropelada por bêbado

Ela ia para um almoço na casa da mãe quando foi atingida pelo carro

Uma jovem grávida morreu no domingo (14) após ser atropelada em Ribeirão Preto, a 313 km de São Paulo. De acordo com a polícia, o teste do bafômetro confirmou que o motorista tinha consumido bebida alcoólica.

Renata Heloísa Martins, de 19 anos, ia para um almoço na casa da mãe quando foi atingida pelo carro. Ela estava grávida de dois meses e morreu na hora.

A frente do veículo que atropelou a jovem ficou destruída. O carro passou por perícia e foi apreendido. O motorista de 31 anos foi preso em flagrante. Segundo a PM, pessoas que estavam no local do acidente tentaram agredi-lo.

Na delegacia, ele fez o teste do bafômetro, que constatou uma quantidade quatro vezes maior de álcool no sangue que a permitida por lei. De acordo com a polícia, o motorista confessou que estava bêbado e assumiu a culpa pelo acidente. Ele foi indiciado por homicídio doloso, quando há a intenção de matar.

Fonte: g1, www.g1.com.br