Guarda que matou mulher e tentou suicídio em shopping morre

De acordo com as investigações, o homem era guarda civil

O guarda civil Ewerton Duarte Caldas, 38 anos, que matou Juliana Paiva Martins  com um tiro na cabeça na praça de alimentação de um shopping em Aparecida de Goiânia, em Goiás, e tentou suicídio em seguida morreu na madrugada deste sábado (31). A polícia ainda não informou qual seria a relação dos dois.


Image title

A vítima morreu na hora. Logo após o assassino atirou na própria cabeça. Ele chegou a ser socorrido pelo Corpo de Bombeiros e foi encaminhado em estado gravíssimo para o hospital.

No momento do crime, o shopping ainda estava aberto e muitos clientes e funcionários estavam no local.


Fonte: Com informações do G1