Haitiano morde e agride mulher após suspeita de traição,diz polícia

Caso aconteceu na madrugada deste domingo (23), em Três Lagoas

Uma mulher de 32 anos foi agredida pelo ex-companheiro na madrugada deste domingo (23) após desconfiar que ele estava mantendo relação amorosa com outra pessoa no interior de Campo Grande. Segundo boletim de ocorrência, o suspeito é haitiano e os dois tiveram relacionamento por cerca de 9 meses.

Conforme o registro policial, o suspeito agrediu a mulher apertando-a no pescoço, além de mordidas e tapas. Ele também provocou um corte no braço dela, segundo o boletim de ocorrência. As agressões teriam acontecido depois que ela retornou à casa onde vivia com o suspeito.

A vítima disse que já tinha sido agredida pelo haitiano outras vezes, mas ela justificou que não o denunciou porque ele é estrangeiro e temia que ele fosse deportado.

A vítima deve fazer exame de corpo de delito e foi orientada a pedir medida protetiva de urgência. Durante a denúncia, ela demonstrou interesse em representar criminalmente contra ele, só não pode fazê-lo por conta da falta de dados de identificação do estrangeiro.

Fonte: Com informações do G1