Homem abre fogo em estação do metrô e mata duas na Cidade do México

Os mortos são um passageiro e uma policial, segundo Pedro Estrada, diretor do Instituto Médico Legal

Um homem abriu fogo em um trem do metrô na hora do rush na Cidade do México nesta sexta-feira (18), matando pelo menos duas pessoas e deixando cinco feridos antes de ser detido pela polícia.

Os mortos são um passageiro e uma policial, segundo Pedro Estrada, diretor do Instituto Médico Legal local.

O prefeito da capital, Marcelo Ebrard, confirmou que o atirador foi capturado.

De acordo com testemunhas ouvidas pela TV local, o atirador entrou no metrô na estação Balderas -que é um nó entre duas linhas- no horário pico da tarde, quando os trens estavam lotados de passageiros voltando do trabalho para casa.

Ele começou a atirar, ao mesmo tempo que gritava que se tratava de um ataque contra o governo.

O funcionamento da linha afetada foi interrompido. Um porta-voz do metrô disse que o incidente está sendo investigado pelas gravações das câmeras de segurança.

O governo do México enfrenta um aumento da violência provocada pela guerra de carteis do narcotráfico, mas ataques deste tipo são relativamente raros no país.

Fonte: g1, www.g1.com.br