Homem acusado de abusar das filhas é condenado a 63 anos

Homem acusado de abusar das filhas é condenado a 63 anos

Decisão da comarca de Pinheiro, no entanto, cabe recurso. Caso ganhou repercussão internacional.

Condenado a 63 anos de prisão José Agostinho Bispo Pereira, de 54 anos, acusado de abusar sexualmente das filhas. A decisão é do juiz da 1ª Vara de Direito de Pinheiro, Anderson Sobral Dias Azevedo. O caso ganhou repercussão internacional e José Bispo ficou conhecido como o "Monstro de Pinheiro". A decisão, no entanto, cabe recurso.

José Agostinho Bispo foi preso no dia 8 de junho, no povoado Experimento, em Pinheiro sob a acusação de ter abusado sexualmente da filha por 16 anos, e ter tido com ela sete filhos. Sandra Maria e os filhos foram mantidos em cárcere privado durante todo esse tempo.

A comarca de Pinheiro também condenou o feirante Crispiniano Pinheiro Rodrigues, de 58 anos, preso, em agosto deste ano, também acusado de pedofilia. Segundo a polícia, o acusado abusava sexualmente de várias menores vizinhas dele.

Fonte: Imirante, www.imirante.com.br