Homem acusado de esfaquear a mulher até a morte é preso dois meses após o crime

Assim que cometeu o homicídio, o agressor fugiu para outro Estado

Um homem acusado de esfaquear a mulher até a morte dentro da casa no início do mês de abril foi preso na noite desta segunda-feira (1º) na cidade de Santa Luzia do Paruá, interior do Maranhão.

O agressor morava com a vítima em uma região administrativa do DF e após cometer o crime fugiu. No entanto, ele foi investigado durante quase dois meses pela CH (Coordenação de Repressão a Homicídios) da PCDF (Polícia Civil do DF) e o paradeiro dele localizado no Maranhão.

A Polícia Civil do DF fez contato com a Polícia Civil do Maranhão e começou um trabalho em conjunto para localizar o acusado, que foi preso e trazido para o DPE (Departamento de Polícia Especializada) na capital federal.

Ele responderá por homicídio e poderá pegar, caso condenado, até 30 anos de prisão. A polícia informou que passará maiores informações sobre a prisão no fim da manhã desta terça-feira (2).

Fonte: r7