Homem confessa que matou seis prostitutas por trauma de infância

Ele diz que sua mãe era prostituta e foi assassinada

Image title

O homem identificado como Roneys Fon Firmino Guedes, foi preso acusado de matar seis prostitutas em Maringá (PR).

No primeiro momento ele negou os crimes, mas na última sexta-feira ele confesou o crime e disse que abandonava os corpos das vítimase sempre na mesma posição perto de uma torre em uma lavoura de milho.

A polícia acredita que o motivo dos assassinatos foram causados por traumas de infância, uma vez que o acusado contou que sua mae era garota de programa e foi morta quando ele tinha 7 anos.

A última vítima de Gomes foi à garota de programa MartaJosiane dos Santos, de 36 anos. A polícia encontrou no local do crime vestígiosda mulher e um pedaço de um para-choque azul metálico

Oórgão investigou câmeras de segurança de uma avenida que dá acesso à lavoura demilho onde Marta foi encontrada e percebeu que uma BMW de cor azul metálica –mesma cor do objeto encontrado pela polícia no local do crime - trafegou na via

Apolícia contatou o proprietário do veículo para conferir se o objeto era mesmoda BMW. Ao se aproximar do carro, os policiais averiguaram se o para-choqueestava batido ou faltava algo e o objeto encaixou-se perfeitamente. Foiencontrado também no carro do suspeito fios de cabelos femininos

Todas as mulheres mortas por Gomes eram garotas de programa e foram assassinadas por estrangulamento. Seus corpos foram abandonados nuas na mesma posição perto de uma torre na zona rural de Maringá


Fonte: R7