Homem confessa ter estuprado e matado garota: "Fez barbaridades"

Homem confessa ter estuprado e matado garota: "Fez barbaridades"

Crime ocorreu na cidade de Pedro de Toledo, no Vale do Ribeira

Um lavrador foi preso e confessou ter violentado e matado uma jovem de 17 anos quando ela voltava da escola para casa na cidade de Pedro de Toledo, no Vale do Ribeira, interior de São Paulo. O crime aconteceu no começo de abril e, nesta terça-feira (15), foi realizada a reconstituição da ocorrência.

Policiais de Itariri e Pedro de Toledo foram os responsáveis pela prisão do suspeito de ter matado a adolescente Cristina Nascimento da Silva.

Segundo informações da polícia, ele confessou o crime durante os depoimentos. ?Ele tentou se eximir, alegando que a vítima teria tentado suicídio, algo completamente impossível, e posteriormente veio a confessar que a matou e fez barbaridades com ela?, diz o delegado responsável pelo caso, Fernando Biazzus Rodrigues.

Algumas pessoas ficaram na frente da delegacia aguardando a saída do suspeito para a reconstituição do crime. Ao avistá-lo, os populares, entre eles vizinhos e parentes da vítima, o ameaçaram e o chamaram de assassino.

Os familiares acompanharam a reconstituição e estão revoltados com o crime cometido pelo lavrador. ?Estou muito chocada com o que aconteceu. A família e os vizinhos também. Ela foi criada aqui?, afirma a avó de Cristina, Maria José Costa.

O tio da garota, Laílton Nascimento, diz que Cristina queria se mudar da cidade após concluir o Ensino Médio. ?O sonho dela era sair daqui, terminar os estudos, trabalhar, arrumar um emprego e dar uma casa para a mãe dela?, diz.

O suspeito agora deve ser levado para o Centro de Detenção Preventiva (CDP) de Praia Grande, no litoral de São Paulo, onde ficará à disposição da Justiça. O caso foi registrado na Delegacia Sede de Pedro de Toledo.


Homem confessa ter estuprado e matado garota:

Fonte: G1