Homem confessa ter incendiado carro de vereador no Piauí

O fato ocorreu no município de Palmeira do Piauí.

Um homem, ainda não identificado, foi preso acusado de incendiar o carro do vereador Carlos Sérgio Almeida da Luz, do PSB do município de Palmeira do Piauí, a cerca de 616,8 km de Teresina. O homem, durante depoimento, confessou o crime e disse que o político mantinha um 'caso amoroso' com sua esposa. 

De acordo com informações do delegado Aldely Fontenele, o suspeito afirmou ser vítima de uma suposta traição. "O homem [ o suspeito] confessou o crime, alegando que o vereador mantinha um caso com sua esposa. Nós efetuamos a prisão ainda na segunda-feira, dia 27", informou.

O veículo, um Gol de cor prata, estava estacionado da porta da casa do político quando houve o incêndio. O fato ocorreu na  madrugada de sábado, dia 25 de junho.

"Eu havia chegado em casa por volta da meia-noite, entrei  e deixei meu carro estacionado na porta. Por volta das 3h acordei com uma explosão e quando saí o carro já estava em chamas. Chamei meus vizinhos que me ajudaram a impedir que o fogo se espalhasse, minha preocupação não era com o carro que a essa altura já não tinha mais jeito, e sim com as demais casas que o fogo já estava alcançando. Se quem fez isso queria me atingir, acabou atingindo várias pessoas”, afirmou o vereador.

O fogo se alastrou rapidamente e por pouco não destruiu residências. A Polícia Militar foi acionada e realizou os primeiros procedimentos. O vereador registrou Boletim de Ocorrência e informou que encontrou um tambor de combustível nas proximidades do local. 

Carro incendiado
Carro incendiado


Fonte: Portal Meio Norte