Homem diz que matou professora e filho de dez anos por ciúme em Olinda

Mãe e criança foram mortos a golpes de facadas dentro de casa

Um jovem de 24 anos foi preso e confessou ter assassinado a facadas a professora Sandra Lúcia Fernandes, de 48 anos, e o filho dela, Icauã Rodrigues, de 10 anos. As vítimas foram mortas com oito facadas cada uma dentro da casa da professora em Olinda (PE). Na delegacia, o suspeito confessou o crime e disse que matou por ciúme.


Homem confessa ter matado professora e filho de dez anos por ciúme em Olinda

Segundo a polícia, a professora tinha outro filho de 20 anos que não aceitava o relacionamento da mãe com um homem mais jovem. Na foto, ela aparece abraçada com Marcos Aurélio Barbosa da Silva, de 24 anos, com quem mantinha um namoro havia alguns meses. Ele só frequentava a casa da professora quando o filho mais velho não estava. Vizinhos relataram que ele era ciumento e que as brigas aconteciam constantemente.

Segundo o DHPP (Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa) o crime ocorreu por volta das 22h de domingo (16). Na delegacia, Marcos disse que namorava Sandra havia três anos e não apenas quatro meses como contou a família. Ele disse ainda que os dois brigaram porque ela teria paquerado um homem em uma festa que os dois foram e que ele acabou a esfaqueando.

Sandra atuava como professora em Recife. Segundo a versão apresentada pelo suspeito, ele não tinha a intenção de atingir a criança, mas o menino entrou no meio da briga.

Segundo o DHPP, o prédio em que ficava o apartamento da professora estava sem energia elétrica no momento do crime. O suspeito teria chamado vizinhos para ajudar a socorrer o menino alegando que ele teria quebrado a perna. Quando entraram no local, os dois já estavam mortos e o suspeito fugido.

O menino de dez anos e a mãe morreram na hora. O suspeito foi preso na casa dele e não resistiu.

Fonte: r7