Homem dá carona e participa de assalto "sem querer"

Homem dá carona e participa de assalto "sem querer"

Um homem de 26 anos se tornou, sem perceber, "cúmplice" de um assalto a banco orquestrado por uma idosa de 70 anos. Sandra Leanne Bathke havia pedido carona ao filho de sua senhoria, Luke Weimert, para ir a um banco de Elysian, Minnesota (EUA), no dia 15 de dezembro. Pensando que ela pretendia sacar o dinheiro do aluguel, ele contou ao jornal Mankato Free Press que esperou no carro enquanto a senhora entrou no banco.

Mas, lá dentro, ela colocou uma sacola sobre o balcão do caixa e disse ao funcionário do banco que tinha uma arma. "Fique quieto e não alerte ninguém", declarou, segundo o inquérito do caso, relata o jornal local Star Tribune.

Com US$ 3,7 mil, ela saiu do banco e entrou novamente no Jaguar de Weimert. Mas a polícia, alertada pelos funcionários do banco, interceptou o carro - que andava a uma velocidade normal - pouco depois. Ao ser detida, Bathke supostamente disse várias vezes: "Luke não teve nada a ver com isso".

Os policiais não encontraram nenhuma arma na bolsa de Bathke, apenas um pequeno martelo, de acordo com o Star Tribune. Ela foi acusada formalmente por roubo qualificado e presa.

Weimert foi detido, mas solto pouco depois. Só depois de uma hora de interrogatório na delegacia, ele disse ter percebido que fora cúmplice de um roubo.

Ele contou aos policiais que sua mãe, que alugava a Bathke um apartamento na cidade de Janesville, estava tentando desalojar a idosa por falta de pagamento de aluguel.

O histórico criminal de Bathke inclui uma condenação prévia por ter passado cheques sem fundo. O delegado encarregado da investigação do assalto frustrado disse que a idosa tinha alguns problemas de saúde e estava tentando evitar o despejo de seu apartamento.

Fonte: Terra