Homem de 24 anos é acusado de matar mulher e fugir com a filha

Marco Antônio de Souza foi preso em 29 de junho, dois dias após o crime.

Um motoboy de 24 anos foi preso em Minas Gerais suspeito de matar a mulher com coronhadas e depois fugir com a filha, de 4 anos. O crime aconteceu no final de junho, mas o suspeito só será apresentado pela Delegacia de Homicídios de Contagem na quarta-feira.

Marco Antônio de Souza foi preso em 29 de junho, dois dias após o crime, em Ponto dos Volantes, na região do Vale do Jequitinhonha. Depois de receber uma denúncia anônima, policiais foram atrás do suspeito na BR-116. Ele havia deixado a menina em um carro e tentado escapar por um matagal, mas acabou preso. A criança foi encaminhada ao Conselho Tutelar de Itaobim, cidade vizinha a Ponto dos Volantes.

Antes de fugir por mais de 600 km, ele deixou a mulher, Geise Daiane de Oliveira Prates, 19 anos, no Hospital Júlia Kubistcheck, em Belo Horizonte. Ela tinha vários hematomas pelo corpo quando deu entrada na unidade e não resistiu aos ferimentos. Funcionários do hospital disseram à polícia que um homem se apresentou como marido da vítima e afirmou que ela havia sido agredida por traficantes.

O relatório de necropsia feito pelo Instituto Médico Legal de Belo Horizonte apontou que Geise morreu por asfixia e traumatismo craniano, provocado pelos golpes aplicados com a coronha de um revólver calibre 32, que foi localizado pela polícia perto do hospital. No dia do crime, familiares disseram à polícia que ela estaria grávida de cinco meses, o que não foi confirmado pelos exames.

De acordo com a Polícia Civil, o motoboy vai responder por homicídio qualificado. Ele é suspeito ainda de praticar o crime conhecido como "saidinha de banco".

Fonte: Terra