Homem decepa cabeça da amante por não aceitar fim do relacionamento

Depois do crime ele atirou na própria cabeça.

Um pedreiro identificado como Edgar Melegari, de 55 anos, decepou a cabeça da própria amante chamada Natali Almeida, de 29 anos, porque não aceitava o fim do relacionamento. Após o ato, o homem atirou na própria cabeça e também morreu no local. O crime aconteceu no interior de Santa Catarina.

Edgar era casado e tinha dois filhos mas tinha um relacionamento extraconjungal com Natali que já queria o fim do relacionamento dos dois. Inconformado o homem decepou a cabeça da mulher e atirou nele mesmo.

O corpo de Natali foi localizado em meio a uma plantação de eucalipto, a cerca de 2 km do centro da cidade catarinense. Segundo informações, no seu corpo tinha pelo menos 13 perfurações de faca e um disparo de arma de fogo na sua cabeça.

O crime causou surpresa porque o acusado era visto por moradores como uma pessoa tranquila: “Ele era pacato, não tinha relação com crimes violentos”, disse um conhecido.

Acusado não aceitava fim do relacionamento (Crédito: Reprodução)
Acusado não aceitava fim do relacionamento (Crédito: Reprodução)
Acusado não aceitava fim do relacionamento (Crédito: Reprodução)
Acusado não aceitava fim do relacionamento (Crédito: Reprodução)
Acusado não aceitava fim do relacionamento (Crédito: Reprodução)
Acusado não aceitava fim do relacionamento (Crédito: Reprodução)
Fonte: Com informações do R7