Homem diz que assassinou cinco mulheres por "raiva"

No vídeo divulgado pela polícia, Eduardo confessa que cometeu os assassinatos de 2010 até agora

Em depoimento nesta quarta-feira (30), Eduardo Sebastião do Patrocínio, de 42 anos, confessou ter assassinado cinco mulheres em São Paulo "por raiva". Os investigadores querem saber se o auxiliar de limpeza fez outras vítimas.

No vídeo divulgado pela polícia, Eduardo confessa que cometeu os assassinatos de 2010 até agora. A polícia chegou ao assassino investigando o caso de Senira Leite de Oliveira, de 25 anos. O corpo dela foi encontrado no começo do mês, dentro de uma mala, no Itaim Paulista, na Zona Leste.

A polícia ainda precisa identificar três mulheres que foram assassinadas no extremo da Zona Leste de São Paulo.

Na mala, a polícia encontrou o endereço de um condomínio na Barra Funda. Uma moradora tinha jogado a mala fora e o auxiliar de limpeza levou a bagagem embora. Nesta terça-feira (29), bombeiros e policiais procuraram corpos, durante toda a tarde, na casa do assassino.

Segundo a polícia, todas as mulheres eram moradoras da Zona Leste. As investigações indicam que ele contratava as garotas de programa, mas não conseguia manter relações com elas. Em seguida, as esganava até a morte.

Fonte: G1