Homem diz que matou seu neto por atrapalhar rotina de casa

Homem diz que matou seu neto por atrapalhar rotina de casa

O bebê levou um tiro na cabeça e foi encontrado caído ao lado do berço

O avô, suspeito de matar a mulher e o neto de menos de um ano, disse em depoimento à polícia que cometeu o crime porque o bebê atrapalhava a rotina da casa. O homem fugiu após o crime, mas foi preso em flagrante na madrugada de sexta-feira (18).

O bebê levou um tiro na cabeça e foi encontrado caído ao lado do berço. A avó estava morta perto da cama. O crime aconteceu em Sapopemba, zona leste de São Paulo. A avó cuidava da criança todos os dias para que a mãe pudesse trabalhar. Parentes contaram que, nas últimas semanas, o suspeito discutiu várias vezes com a filha, mas ninguém sabe dizer o motivo.

O pai da criança diz que não consegue entender o crime. Seguindo ele, neto e avô tinham uma boa relação. O suspeito, que já cometeu outros crimes, foi transferido para o CDP (Centro de Detenção Provisória) de Mauá, na Grande São Paulo. Os corpos de avó e neto foram enterrados em Ferraz de Vasconcelos, Grande São Paulo.

Fonte: r7