Homem é acusado de apontar arma contra candidato que discursava

Delegado do caso afirma que não houve conotação política.

candidato a prefeito  no município de Barra da Corda, no Maranhão, conhecido como Junior do Nenzin, passou por um susto na noite da última terça-feira, durante um comício no Povoado Centro dos Ramos, zona rural da cidade. O político discursava ao lado de vereadores e correlegionários quando, de repente, um homem apontou uma arma de fogo para o palanque, segundo relatos de populares. 

De acordo com o delegado responsável pelo caso, Renilto da Silva Ferreira,  o homem, ainda não identificado, chegou a ser levado para delegacia de Policia  Civil e em seguida liberado. Segundo o delegado, uma testemunha informou que o acusado estava de costas para o palanque e pretendia atirar em um suposto [desafeto]. 

"Não houve esse fato. Uma das testemunhas que foi vitima da ação dos dois agressores cita em seu depoimento que no momento que o acusado sacou a arma para o “algoz” (outro individuo) o mesmo estava de costa para o palanque e de frente para casa da vitima, o caracteriza desavença particular entre essas duas pessoas sem nem um cunho político ou ameaça aos candidatos que ali estavam presentes", disse. 

O acusado foi ouvido e liberado. " Foi ouvido e liberado porque a pericia constatou que a arma era totalmente ineficaz, e neste caso não é considerado crime, por essa razão foi liberado", acrescentou. 

Acusado não foi identificado
Acusado não foi identificado


,




Fonte: Portal do Governo do Piauí/ Com informações do Barradacordanotícia