Homem é acusado de envenenar a esposa na zona rural de Dom Expedito Lopes

Antônio concedeu depoimento à polícia e foi liberado em seguida pela falta de provas.

Um homem identificado como o mecânico Antônio Nelson do Nascimento, de 51 anos, é o principal suspeito de matar envenenada sua esposa Osailda de Sousa Coelho, de 45 anos. Ela mulher morreu no povoado Gaturiano, em Dom Expedito Lopes, a 285 km  de Teresina.

A sobrinha da vítima, Carla Patrícia Oliveira de Sousaa, durante depoimento na Delegacia Geral da Polícia Civil de Picos, contou que  a vítima havia pedido ajuda aos vizinhos, alegando que o marido tinha lhe envenenado. Antônio Nelson teria negado o fato, mas não deixou que ela fosse socorrida. Ele a trancou em casa e saiu. Ao retornar para residência, Antônio encontrou a esposa morta.

Carla Patrícia ressaltou que no final de 2014, Antônio foi preso por agredir  sua esposa. Segundo ela, a sua tia teria uma agenda, onde registrava os fatos de sua vida, mas o diário estaria desaparecido. O corpo da vítima foi encaminhado para o Instituto Médico Legal, em Teresina, para passar por perícia.

Antônio concedeu depoimento à polícia e foi liberado em seguida pela falta de provas.

 

Fonte: Grandepicos