Homem é acusado de matar mulher em motel

Uma discussão motivada por uma suposta traição da mulher teria motivado o crime.

O ourives L.C.F, 31 anos, foi preso suspeito de matar a mulher, Adriana Fernandes de Oliveira, 26 anos, em um motel de Limeira, na madrugada de sábado. Segundo a Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP), uma discussão motivada por uma suposta traição da mulher teria motivado o crime.

A SSP afirma que, às 2h50 de sábado, o casal entrou no motel e, quatro horas mais tarde, o ourives tentou deixar o local afirmando à recepção que a acompanhante iria embora mais tarde. Ele teria sido avisado por uma recepcionista que uma norma do local exige que a mulher confirme o horário da saída.

De acordo com a secretaria, L.C.F disse não ter problemas, mas, ao chegar no quarto, a recepcionista encontrou o corpo da vítima no banheiro, com vários hematomas. O ourives aproveitou para deixar o local enquanto outro casal saía do motel e o portão era aberto. L.C.F foi preso pela Polícia Militar (PM) na rodoviária da cidade. Ele estaria com uma passagem comprada para Rio Claro.

Traição

Ainda de acordo com a SSP, o ourives disse à polícia que tinha ido com a mulher para Limeira para se divertir no final de semana, mas ele viu Adriana beijando um ex-namorado. Já no motel, o homem teria relembrado o caso, o que levou à discussão.

Segundo a secretaria, L.C.F disse que se descontrolou e agrediu a mulher, que se desequilibrou e bateu a cabeça no vaso sanitário. O ourives foi indiciado por homicídio.

Fonte: Terra, www.terra.com.br