Homem é acusado de usar a identidade de médico na Bahia

Médico descobriu o caso, denunciou ao CRM, que acionou a polícia

Um homem suspeito de usar a identificação de um médico para exercer a profissão foi preso na tarde desta quarta-feira (14), na zona rural de Cordeiros, município a 674 km da capital baiana.

De acordo com a polícia, o suspeito é enfermeiro e trabalhou com um médico na cidade de Encruzilhada, a 645 km de Salvador. O homem teria aproveitado a aproximação para pegar e fazer cópias dos documentos do médico, tais como RG, CPF e diploma. Com a documentação em mãos, o suspeito firmou contrato com a Secretaria de Saúde de Cordeiros. Além disso, segundo a polícia, o homem também usou os dados do médico para abrir uma conta corrente, através da qual recebia salário.

O médico verdadeiro soube que sua carga horária tinha ultrapassado e investigou o caso, descobrindo que alguém trabalhava em seu nome. Ele denunciou o caso ao Conselho Regional de Medicina (CRM), que acionou a polícia.

Ainda de acordo com informações da polícia, o falso médico atuava na zona rural de Cordeiros, no PSF (Programa de Saúde da Família), há cerca de um mês. Ele tentou fugir durante a ação policial, mas foi preso e está à disposição da Justiça na delegacia de Condeúbas.

Fonte: Fundespi