Homem é assassinado a tiros na frente da mulher e da filha

Ele trabalhava vendendo churrasco e chegava em casa depois de um dia de trabalho.

Um homem identificado como Antônio Caetano dos Santos foi assassinado a tiros na frente da mulher e da filha de dez anos na noite desta terça-feira (4) no Jardim Ingá em Luziânia (GO), região do Entorno do DF.

Ele estava dentro de um carro com a família e chegava em casa por volta das 21h30, depois de passar o dia trabalhando vendendo churrasco na região.

Neste momento, um homem alto, vestindo roupas pretas e uma toca, chegou armado e anunciou o assalto. Testemunhas contaram à polícia que Santos foi obrigado a dar os R$ 400 que tinha arrecadado durante o dia ao criminoso.

No entanto, após pegar o dinheiro, o bandido atirou três vezes contra o churrasqueiro. Um dos disparos acertou o lado esquerdo do rosto da vítima e perfurou a cabeça.

Equipes do Corpo de Bombeiros foram acionadas e chegaram a levar o homem com vida ao Hospital Regional do Jardim Ingá, mas ele não resistiu aos ferimentos e morreu antes de receber atendimento médico.

A polícia também esteve no local, mas o criminoso conseguiu fugir. A mulher e a filha da vítima não se machucaram, mas a polícia relatou que estão em estado de choque e precisarão de cuidados especiais nos próximos dias.

O enterro do homem acontecerá no cemitério da cidade e o caso está sendo investigado como latrocínio (roubo seguido de morte) no Ciops (Centro Integrado de Operações e Segurança), uma vez que o churrasqueiro não teria inimigos.

Até o momento, ninguém foi preso.

Fonte: r7