Acusado de assassinato é morto ao zombar de vítima em velório

O crime ocorreu no Residencial João Paulo II, na zona Sul de THE.

Um homem acusado de um homicídio praticado ontem à noite, vai ao velório para zombar do falecido, mas ele acabou reconhecido e morto no mesmo local onde estava sendo velada a vítima na quadra M, no residencial João Paulo II, zona Sul de Teresina. A Delegacia de Homicídios foi acionada e realiza os primeiros procedimentos.

De acordo com o comandante Torres Filho, da Companhia Independente do Promorar, que atendeu à ocorrência, o homicídio pode ter relação com um crime ocorrido no domingo. “Primeiramente a Polícia Militar tomou conhecido desse homicídio aqui na área do João Paulo II. De imediato, nos deslocamos e viemos fazer as primeiros levantamentos. Temas duas linhas de investigação: Primeiramente houve um homicídio ontem aqui que provavelmente pode ter relação com o crime ocorrido hoje. Outra linha é acerto de contas por envolvimento com tráfico de drogas. A pericia irá averiguar”, disse.

Segundo Torres Filhos, populares informaram terem visto dois homens em uma moto, possessivelmente os autores do crime. “Segundo o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), há varias perfurações de orifício. A pericia poderá apontar, mas tudo indica que foi arma de fogo. Relatos de populares dão conta de que havia dois homens em uma motocicleta”, acrescentou Torres Filho.

A vítima tinha passagem pelo sistema prisional e estaria envolvido em um crime ocorrido no domingo, dia 20 no mesmo bairro. Ele chegou a ser levado para Central de Flagrantes, sob acusação do crime, mas foi liberado logo em seguida. Além disso, teria passado em  frente ao velório. Um minuto depois, foi encontrado morto a  cerca de um quarteirão do local. 

“Nós estamos chegando agora e pegando algumas informações. A investigação vai mostrar as reais causas. Tudo indica que foi execução”, disse o policial Lourival, da Delegacia de Homicídios.



Fonte: Portal Meio Norte