Homem é condenado a 20 anos por matar mulher grávida a facadas

A mulher estava no oitavo mês de gestação

Um homem foi condenado a 20 anos de prisão em São Paulo por matar a mulher, que estava grávida, a facadas. O crime ocorreu em dezembro de 2010, em um bairro da zona leste da capital paulista. Após uma briga, o réu atingiu a vítima com várias facadas, provocando a morte dela e o aborto do feto.

A mulher estava no oitavo mês de gestação. A juíza Marcela Raia de Sant"anna sentenciou o homem a 16 anos de prisão pelo homicídio da mulher e mais quatro anos pelo aborto decorrente do ataque. O réu deve cumprir a pena em regime fechado.

Fonte: Terra