Homem é linchado por suspeita de envenenar uma família na Bahia

Duas irmãs morreram.

Um homem foi linchado por suspeita de ter enevenenado quatro pessoas, entre elas uma criança de 2 anos, no bairro São Cristóvão, em Salvador, nesta sexta-feira (4). Duas mulheres, uma delas grávida, chegaram a ser socorridas, mas não resistiram e morreram após dar entrada no Hospital Menandro de Faria.

De acordo com as informações do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), repassadas pela Central de Polícias, as pessoas envenenadas são da mesma família. Não há datalhes sobre as circunstâncias e a motivação do evenenamento.

Segundo a polícia, as irmãs Gleide dos Santos Paes, de 30 anos, e Regina dos Santos Paes, de 26, que estava grávida de dois meses, foram levadas para a unidade de saúde, mas não resistiram.

As outras duas pessoas que teriam sido envenenadas, Isaac Henrique dos Santos, de 49 anos, e o menino de 2 anos, permanecem internadas na unidade médica. Não há informações sobre o estado de saúde das vítimas.

O suspeito de ter envenenado as pessoas não teve identidade divulgada. Segundo a Central de Polícias, o homem aparentava ter 55 anos. Ele foi espancado por volta das 6h40 desta sexta, no Conjunto Parque das Bromélias, chegou a ser socorrido e levado ao Hospital do Subúrbio, mas não resistiu.

A polícia ainda não tem informações sobre os responsáveis pelo linchamento do suspeito. Até às 20h desta sexta, ninguém havia sido preso. Conforme a Central de Polícias, o caso está sendo investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Fonte: Com informações do G1