Homem é morto a facadas, carbonizado e tem mão decepada

A caminhonete, a carteira e os documentos do homem foram roubados

Um homem foi encontrado morto em um incêndio na última madrugada, em um sítio na área rural do município de Peixoto de Azevedo, em Mato Grosso. O corpo do professor Sidnei Aparecido Farias, 42 anos, estava no quarto parcialmente carbonizado no quarto quando o caseiro do sítio o encontrou. Segundo a Polícia Civil, Farias tinha várias marcas de facadas e uma das mãos havia sido decepada.

A caminhonete, a carteira e os documentos do homem foram roubados, mas o veículo foi encontrado horas depois, abandonado em uma estrada do município e sem as chaves. Metade da casa foi atingida pelas chamas e o teto foi destruído, e há risco de desabamento.

A principal suspeita, de acordo com a polícia civil, é de latrocínio - roubo seguido de morte. Um suspeito, que foi a última pessoa a ser vista com Farias, está foragido. Outro suspeito prestou depoimento e foi liberado por apresentar um álibi para o horário do crime.

Fonte: Terra, www.terra.com.br