Homem é morto ao discutir por barulho

O autor dos disparos e outras duas pessoas estavam na calçada

Um homem foi morto na noite de domingo (25) na Mooca, Zona Leste de São Paulo, durante uma discussão por causa de barulho na rua. A vítima saiu de casa para reclamar da conversa alta entre pessoas que estavam ao lado do imóvel e foi atingida por quatro tiros. Outro homem que estava no local foi baleado duas vezes e está internado.

O barulho vinha da frente de uma pizzaria. O autor dos disparos e outras duas pessoas estavam na calçada, e segundo testemunhas, falavam muito alto, como se estivessem discutindo.

Na casa ao lado, morava Willian Borges de Araújo, de 26 anos. Perto de 0h, ele ficou incomodado com o barulho e decidiu reclamar. Ele pediu silencio primeiro pela janela, mas foi iniciada uma discussão. Araújo saiu de casa com uma faca e a confusão continuou na calçada.

O que seria apenas uma reclamação se transformou em crime. O jovem foi atingido por quatro tiros e morreu. Seguindo a polícia, ele estava com a faca na cintura.

Parentes dele que estavam no mesmo prédio ouviram a discussão. Um homem que estava na pizzaria também foi atingido. Ele levou dois tiros e está internado. A polícia ainda não sabe se ele participava da discussão.

O autor dos disparos conseguiu fugir, mas já foi identificado por testemunhas. Ele é procurado pela polícia.

ABC

Em São Bernardo do Campo, no ABC, um rapaz de 32 anos que conversava com o irmão e amigos na porta de casa foi morto por assaltantes na madrugada desta segunda-feira (26). Os dois ladrões queriam duas motos que estavam estacionadas na rua. Alexandre Rodrigues Aguiar reagiu e foi baleado no pescoço. Os assaltantes fugiram.

Fonte: g1, www.g1.com.br