Homem é morto ao discutir sobre entradas pra Carnaval

Segundo as testemunhas ouvidas pela polícia, o autor dos disparos vendeu ao argentino ingressos

O turista argentino Marcelo Alejandro Fernández Vilac, 23 anos, foi assassinado neste sábado em Búzios, no Rio de Janeiro, após discutir com um agente de turismo ao cobrar ingressos para o desfile das escolas de samba no Carnaval na Sapucaí, informou a polícia. Vilac levou dois tiros.

Segundo a polícia, a pessoa que discutiu com o argentino e que teria feito o disparo foi identificada como Carlos Alberto Gomes de Jesus, que trabalha vendendo pacotes turísticos no balneário. "Este homem foi reconhecido por testemunhas como o autor do disparo, inclusive pelas pessoas que estavam com o turista argentino no momento do crime", disse o delegado da Polícia Civil de Búzios, Mario José Lamblet.

"Já divulgamos uma fotografia para a imprensa e levantamos umas barreiras para impedir sua saída da cidade, mas ele entrou em contato com a polícia e disse que pretende entregar-se", disse.

Segundo as testemunhas ouvidas pela polícia, o autor dos disparos vendeu ao argentino ingressos para as apresentações, nos dias 6 e 7 de março. O argentino, que estava no Brasil havia um mês, reclamou não ter recebido as entradas.

Fonte: Terra, www.terra.com.br