Homem é morto após abordagem policial por mencionar atirar em PM

Um dos suspeitos teria feito menção de disparar contra o policial, que disparou e acabou por matar o indivíduo

Um homem foi morto durante uma abordagem policial na madrugada deste domingo em Joinville, cidade do nordeste do Santa Catarina. Na última madrugada, uma delegacia na cidade já havia sido atacada. O Estado vive uma onda de incidentes contra alvos policiais no que se suspeita ser uma retaliação pelo cerco ao tráfico de drogas.

Por volta das 3h30 deste domingo, um policial militar de folga trafegava em Joinville quando avistou dois homens em uma motocicleta disparando tiros para o céu. O oficial notificou a Polícia, acompanhou o veículo e procedeu com a abordagem na rua Copacabana, no bairro Floresta. Segundo a PM, um dos suspeitos teria feito menção de disparar contra o policial, que disparou e acabou por matar o indivíduo. O segundo suspeito foi detido.

Morreu Jean de Oliveira, 22 anos. Pelo apurado até o momento, ele não tinha antecedentes criminais e era o único armado na motocicleta. Detido está Jaison Cordeiro, de mesma idade, com registro de passagens anteriores pela polícia. O policial militar não se feriu durante o ocorrido.

Ainda nesta madrugada, duas carretas e dois ônibus foram incendiados nos municípios de Criciúma (sul) e São Francisco do Sul (extremo norte). A polícia ainda não confirmou que estes incidentes estejam relacionados com a onda de ataques em Santa Catarina. Se confirmados, estes configurariam a quarta noite seguida de episódios do gênero no Estado.

Fonte: Terra