Homem é morto por colega de república em Copacabana no RJ

A certa altura, a vítima disse que sairia, mas acabou impedida pelo acusado

Um jovem de 25 anos foi morto a tiros quando estava em uma república onde morava localizada na avenida Nossa Senhora de Copacabana, na zona sul do Rio de Janeiro. Por volta das 12h, um homem, também morador do apartamento, identificado como Jorge Luiz de Souza, entrou no local e efetuou os disparos contra José Carlos Barboza Júnior, que era seu conhecido.

De acordo com informações do delegado responsável pelo caso, Allan Lacerda, da Divisão de Homicídios, Jorge Luiz chegou no imóvel, pela manhã, aparentando embriaguez. Segundo a assessoria da Polícia Civil, o homem havia passado a noite fora, e, ao chegar ao apartamento, conversou com dois amigos, que também moram no local. "Quando um deles avisou que desceria para passear com o cachorro, Jorge Luiz pediu que ele comprasse uma cerveja. Ao retornar, ambos continuaram a conversa", informou a Polícia Civil.

A certa altura, a vítima disse que sairia, mas acabou impedida pelo acusado, que o ameaçou com uma arma e mandou que ficasse em seu quarto. Jorge Luiz atirou contra José Carlos, que morreu no local. Em seguida, o criminoso ainda tentou atirar no segundo amigo, sem êxito. O autor dos disparos fugiu com a arma.

O corpo de José Carlos foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) e duas testemunhas foram ouvidas. As circunstâncias e a motivação do crime ainda estão sendo investigadas.

Fonte: Terra, www.terra.com.br