Homem é preso acusado de estuprar pelo menos nove mulheres na Bahia

Luciano já tem dois mandados de prisão preventiva em aberto

Luciano Coelho da Paz, de 30 anos, foi preso, na noite desta quinta-feira, logo após ser agredido por moradores do bairro Parque São Paulo, na cidade baiana de Itinga. Ele é cusado de ter cometido ao menos nove estupros, nos últimos dois meses, naquela região. Poucas horas antes, teria tentado estuprar uma décima vítima, mas não consumou o ato por desconfiar que estava sendo perseguido pela polícia.


Homem é preso acusado de estuprar ao menos nove mulheres

Abordada no Parque São Paulo, quando se dirigia ao trabalho, a mulher, de 48 anos, foi obrigada por Luciano, que estava armado com uma pistola de brinquedo, a entrar no carro que dirigia. Usando fita isolante, ele alterou a numeração da placa do veículo.

Pressionado, o estuprador roubou dinheiro e celular da vítima e a liberou na localidade de Vida Nova, em Lauro de Freitas, se dirigindo, em seguida, até sua residência, num conjunto residencial popular, no Parque São Paulo. Para não despertar suspeitas, pegou a companheira e o filho de apenas um mês de vida para passearem de carro. A vítima, por sua vez, conseguiu carona com um caminheiro e foi até a 27ª Delegacia Territorial (DT), onde registrou queixa.

Já na companhia da mulher e do filho, Luciano foi reconhecido por residentes da região, que o haviam visto entrando com a mulher no carro. Ele tentou fugir, mas foi alcançado e agredido a socos e pontapés. A tentativa de linchamento só terminou com a chegada da PM, que o resgatou, conduzindo-o ao Hospital Menandro de Farias. A mulher conseguiu deixar o local com o bebê e está sendo procurada.

Com dois mandados de prisão preventiva em aberto, ele já responde à Justiça por um homicídio e duas tentativas ocorridas nos anos de 2002 e 2003. Autuado em flagrante por tentativa de estupro, roubo e adulteração de sinal identificador de veículo, pela delegada Juceli Rodrigues, ele encontra-se custodiado na carceragem da DT/Itinga, à disposição da Justiça. Luciano também vai ser indiciado pelos estupros cometidos anteriormente.

Fonte: Terra