Homem é preso acusado de estuprar sobrinha deficiente

O serralheiro negou que tenha cometido o crime.

Um serralheiro foi preso acusado de ter estuprado a própria sobrinha, de 14 anos, que sofre de necessidades especiais, na cidade de Caracaraí, em Roraima. A mulher do suspeito foi quem denunciou o crime e afirmou que foi feita de refém dentro da sua residência.

Segundo informações da Polícia, a mulher contou que a casa ficava sem energia às vezes e o homem aproveitava para realizar os abusos durante a noite, na frente dos filhos do casal. O delegado responsável pelo caso afirmou que a mulher foi mantida refém junto com os filhos pelo próprio marido para que o caso não fosse levado à polícia.

O serralheiro negou que tenha cometido o crime e disse que a menor era abusada pelo padrasto, que atualmente está preso. “Eu nunca fiz isso, quem abusava dela era o padrasto dela, me denunciaram mas eu não consigo lembrar porque estava bêbado” , disse.

O exame de corpo de delito confirmou o abuso e o serralheiro irá responder por ameaça, estupro de vulnerável, sequestro, cárcere privado e tortura.

Delegado responsável pelo caso (Crédito: Reprodução)
Delegado responsável pelo caso (Crédito: Reprodução)
Homem preso suspeito de estupro (Crédito: Reprodução)
Homem preso suspeito de estupro (Crédito: Reprodução)
Homem preso suspeito de estupro (Crédito: Reprodução)
Homem preso suspeito de estupro (Crédito: Reprodução)
Fonte: Com informações do R7