Homem é preso ao raspar o cabelo da filha após ela fazer mechas

Menina tinha pintado mechas do cabelo com papel crepom verde.

Na noite deste sábado (2), um comerciante de 53 anos que não foi identificado foi preso após ser denunciado no Espírito Santo após raspar a cabeça da filha de 12 anos. De acordo com informações da mãe da menina, o homem ficou com raiva porque a filha tinha colorido o cabelo com papel crepom verde.

“Ela fez mechas pequenas, por isso eu não vi problema e deixei. Em seguida eu saí de casa e fui para a praia, depois recebi uma ligação da minha filha mais velha dizendo para eu comprar uma tinta na farmácia mais próxima senão o pai rasparia o cabelo da menor”, disse.

Menina teve o seu cabelo raspado pelo pai (Crédito: Reprodução)
Menina teve o seu cabelo raspado pelo pai (Crédito: Reprodução)

Antes que desse tempo da mãe chegar na farmácia ela conta que recebeu outra ligação de que o marido havia usado uma máquina de cortar cabelos para raspar o cabelo da filha. Quando chegou em casa, a faxineira encontrou a filha dormindo, já sem os cabelos. “Os meus filhos pequenos, de 3 e 5 anos, juntaram os cabelos do chão e disseram para a irmã que iriam colar novamente, por isso guardaram o cabelo cortado”, contou.

Imediatamente, a mãe foi ao bar onde o marido estava. “Eu falei com ele que poderia até me matar, mas nunca ter feito aquilo com minha filha”, afirmou a faxineira em seguida chamando a polícia.

Os policiais militares foram à casa e, após serem informados de que no local  havia uma arma, localizaram um revólver calibre 38, com munição. O comerciante foi levado para a Delegacia Regional de Serra, onde prestou depoimento.

Fonte: Com informações do G1