Homem é preso após agredir esposa e deixá-la sem andar

Homem é preso após agredir esposa e deixá-la sem andar

De acordo com a polícia, a suspeita é de que a mulher tenha sido atingida por socos, pontapés e vassouradas

Um homem de 25 anos foi preso, na manhã desta terça-feira (1º), indiciado por lesão corporal gravíssima contra a própria esposa. A mulher, que também tem 25 anos, foi encontrada desacordada no início do mês de setembro na própria residência, no Bairro São José, Zona Leste de Manaus. Após a agressão, a mulher ficou sem falar e andar.

De acordo com a polícia, a suspeita é de que a mulher tenha sido atingida por socos, pontapés e vassouradas. O suspeito, Raimundo Fábio Silva, admitiu ter atingido a mulher com um soco, mas negou que a agressão tenha sido tão grave a ponto de deixar a mulher no atual estado de saúde.

"Nós vivíamos brigando, ela já me deu uma facada e tinha ataques de ciúmes. Até já registrei boletim de ocorrência contra ela. Dei um soco nela, mas ela ficou assim porque depois do murro caiu da escada", afirmou o marido da vítima.

Ao ser encontrada, no dia nove de setembro, a vítima foi encaminhada ainda inconsciente ao Hospital e Pronto Socorro João Lúcio, na Zona Leste de Manaus. Segundo a assessoria do hospital, ela foi liberada 24h depois por apresentar estado clínico estável. Apesar das escoriações, ela não teve nenhuma fratura. No entanto, a vítima não consegue falar ou andar, possivelmente por questões psicológicas.

A delegada titular da Delegacia Especializada em Crimes Contra a Mulher, Kethleen Calmon, afirmou que espera que a vítima volte a falar logo para que haja outra versão do crime. "Até o momento, ele foi indiciado por lesão corporal gravíssima, mas no decorrer das investigações, pode acabar respondendo por tentativa de homicídio", explicou.

Ainda segundo a delegada, o mandado de prisão preventiva foi expedido na sexta-feira (27), a partir de depoimentos de familiares e testemunhas. "As pessoas com quem conversamos contaram que ele era agressivo com a vítima e presenciaram o estado em que ela ficou", afirmou. A mãe da vítima afirmou, em depoimento, que Raimundo é usuário de drogas, segundo a delegada.

Fonte: G1