Homem é preso após matar seu ‘amigo’ com uma facada no peito

O acusado se identificou como José Wanderson da Silva.

Uma guarnição da Polícia Militar, comandada pelo cabo Carlos Silveira, tendo como patrulheiros o cabo Adaílson e o soldado Lima, prendeu José Raimundo da Silva Figueiredo, 29 anos, por volta das 15h de sábado (05/03) no Bairro João José, em Parnaíba, acusado de homicídio qualificado contra a pessoa de Francisco da Costa Freire, 36 anos de idade, conhecido “Neném da Severa”. Fato ocorrido por volta das 12h nas imediações do Mercado da Quarenta, no Bairro Mendonça Clark.

Segundo o cabo Silveira, sua guarnição fazia rondas com o objetivo de capturar o acusado quando um cidadão os chamou. Os policiais militares pararam o carro e retornaram até o homem que disse que o acusado estava em uma residência próximo ao hospital Santa Edwiges. A guarnição foi até o local indicado e conseguiu capturar o homem em uma residência na Rua Padre Castelo Branco, Bairro São José. O acusado se identificou como José Wanderson da Silva.

Segundo o cabo Silveira, diante dos questionamentos Raimundo acabou afirmando que desferiu a facada no peito de Francisco Freire. O homem foi levado para a Central de Flagrantes juntamente com a faca utilizada no crime. Já na delegacia foi descoberto que mentiu com relação a sua identidade, e que seu nome verdadeiro é José Raimundo da Silva Figueiredo, mais conhecido Figueiredo.

O acusado relatou, à autoridade policial, que conhece Francisco, mas não tinha amizade com o mesmo. Acusou ainda a vítima da prática de furtos e uso de substâncias entorpecentes. Quanto ao homicídio, disse que por volta das 12h30 estava bebendo na companhia de conhecidos no Bar do Damasceno, quando Francisco Freire chegou alterado e lhe chutou as pernas, que acabou derrubando uma garrafa de bebida.

Com isso José Raimundo pegou a faca que estava consigo e enfiou no peito de Francisco, que morreu instante depois. Uma irmã da vítima, aparecida Ferreira disse que seu tinha distúrbios mentais e gostava de ingerir bebida alcoólica. O delegado de Polícia Civil Francisco Carlos Eduardo Aquino Araújo autuou José Raimundo da Silva Figueiredo por homicídio qualificado.


Faca usada no crime (Crédito: Divulgação)
Faca usada no crime (Crédito: Divulgação)
Acusado (Crédito: Divulgação)
Acusado (Crédito: Divulgação)
Fonte: Com informações do Portal Costa Norte