Homem é preso depois de torturar filhos com cigarro e até chutes

Polícia descobriu as agressões por meio de uma denúncia anônima

ltieris Aparecido Inacio Romero, de 29 anos, foi preso suspeito de torturar os três filhos no interior de São Paulo, e a sua companheira Natani Regiane de Souza, 23 anos,  está foragida após ter a prisão preventiva decretada. O casal foi denunciado por maus-tratos.

Romero confessou os crimes e chegou a relatar com detalhes como agia, mas negou a participação de Natani, contudo, o delegado que cuida do caso afirma que após os depoimentos das crianças, a polícia está certa da participação da madrasta.  Segundo ele, os meninos descreveram as barbaridades que sofriam.

— Pelo relato das crianças, estamos bem seguros que elas sofriam diversos tipos de agressão: tinham marcas de beliscões, mordidas, marcas de cigarro, tapas, socos na cara. A menininha falava que sentia dor nos cabelos  porque o pai e a madrasta os puxava. [Recebiam] chutes, inclusive uma delas falou em uma máquina de choque.

A família morava na casa do pai de Altieris, que preferiu não se identificar, mas contou que presenciava as agressões, sem poder ajudar. A polícia descobriu as agressões por meio de uma denúncia anônima.



Image title

Image title

Fonte: Com informações do R7